Sindilojas envia carta aos deputados estaduais
image

Sindilojas envia carta aos deputados estaduais

Entidade formaliza documento pedindo apoio ao Legislativo Estadual para intervir junto ao Executivo a fim de alterar critérios da Salvaguarda

 

O Sindilojas Regional Bento vem atuando desde o início da pandemia do Coronavírus junto aos Governos Municipal e Estadual no sentido de flexibilizar os protocolos uma vez que já está mais do que provado que o comércio não é foco do vírus. Sensibilizado com a situação de milhares de crianças que estão há mais de um ano sem aulas presenciais, a entidade formalizou um documento que foi enviado a todos os deputados estaduais do Rio Grande do Sul pedindo apoio dos parlamentares para intervir junto ao Governo do Estado para que sejam alterados os critérios da Salvaguarda, permitindo, assim, que cidades com melhores índices possam se enquadrar nas Bandeiras Vermelha ou Laranja, por exemplo.

 

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, pessoalmente entregou o documento nos gabinetes do presidente da Assembleia Legislativa do RS, Gabriel Souza, além do deputado Issur Koch, que atua junto ao combate à informalidade no estado. Para os demais, a carta foi enviada por e-mail. “As escolas possuem ambientes controlados, onde são cobrados permanentemente protocolos sanitários, como uso de máscara, higienização de mãos, distanciamento, entre outros, que evitam a propagação do vírus. A medida é urgente para evitar maiores prejuízos às crianças e adolescentes”, destaca Amadio. Dados apontam que 30% dos estudantes sequer têm acesso à educação remota.

 

O Relatório do Banco Mundial sobre os efeitos da pandemia, divulgado no mês de março, relata que a pobreza de aprendizagem, definida como o percentual de crianças com 10 anos, que é incapaz de ler e entender um texto simples, pode haver saltado de 51% para 62,5%. O documento sugere que os governos ajam imediatamente para reverter a situação.